Epilepsia

É caracterizada por descargas elétricas desorganizadas no cérebro. Os principais sintomas de Epilepsia incluem as convulsões, que são contrações violentas e involuntárias dos músculos, levando o indivíduo a se debater por alguns segundos, muitas vezes ocorrem sem aviso em qualquer idade, durante o dia ou na noite.

É importante que você saiba como agir no caso de presenciar alguém tendo um “ataque epilético”. Normalmente um leigo se assusta e pode até prejudicar a pessoa ao invés de ajudá-lo.

Podem se manifestar de diversas maneiras :

“Ataque epilético” quando cai no chão, perda a consciência, tem contrações musculares em todo o corpo, mordedura de língua, salivação intensa, lábios roxos, roncos com respiração ofegante, pode urinar e/ou defecar na roupa, vomitar e sonolência após a crise.

As crises de ausência ou pequenos desligamentos com olhar fixo, perde o contato, com duração de segundos, recuperação imediata.

Tem também as crises que a pessoa fica alerta sem controle dos atos ( mastigação, falando sem sentido, mexendo com as mãos, andando sem direção e não se recorda depois da crise ).

Assim como existem outras manifestações clinicas menos comum.

PRIMEIROS SOCORROS :

1) Mantenha a calma.

2) Coloque a pessoa deitada de costas, retirando objetos que possam machucá-la ( óculos, pulseiras, relógio, etc ).

3) Apoie a cabeça sobre a mão virando para o lado, para evitar que sufoque com a salivação e/ou vômitos.

4) Levante o queixo para facilitar a entrada de ar.

5) Coloque um pedaço de pano ou lenço entre os dentes se possível, para evitar mordeduras na língua ( NUNCA tente segurar a língua ou ponha o seu dedo ).

6) Nunca segure a pessoa ( deixe-a debater-se ).

7) Não de tapas, Não jogue água, Não faça respiração boca a boca ou massagem cardíaca.

8) Duração geralmente de 2-3 minutos.

9) A crise cessa espontaneamente.

10) Quando a crise passar, deixe a pessoa descansar.

11) Se a crise persistir por mais de 5 minutos, procure um atendimento médico de urgência num Pronto Socorro mais próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *