Quais os sintomas de hiperatividade nas crianças?

A hiperatividade é um estado de atividade motora excessiva que pode se manifestar por sintomas de inquietação, nervosismo e movimentos excessivos onde as crianças estão sempre correndo, pulando e saltitando ao invés de andarem. É comum vê-las se esbarrando nas pessoas ou nos móveis, tropeçando e se machucando, pois normalmente estão se colocando em lugares perigosos.

A criança hiperativa mostra um nível de atividade bem maior que outras crianças da mesma idade, que acaba por incomodar bastante as pessoas ao redor. A criança torna-se difícil de lidar, porque não fica em silêncio, tem dificuldade em permanecer em atividades mesmo consideradas prazerosas, como brincar ou assistir televisão, o que prejudica hábitos importantes, como comer ou aprender na escola. Acaba sendo um desafio para familiares e docentes lidar com a doença.

Não raro, até para comer o fazem de pé, andando de um lado a outro da casa. O sono costuma ser agitado, falam muito e mesmo dormindo giram o corpo na cama, podendo balançar a perna para dormir.

As causas mais comuns da hiperatividade, são genéticas e ambientais. Para que a hiperatividade seja hereditária, não é necessário que a mãe e o pai sejam hiperativos, basta que o casal tenha um código genético característico da Hiperatividade.

Quanto aos fatores ambientais, está ligado com a fase de desenvolvimento do cérebro da criança, sendo ele na gravidez, no parto e nos primeiros anos de vida.

O mais comum da hiperatividade por fatores ambientais, é a ingestão de tabaco pela mãe durante a gestação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *