Você sabe o que é Apraxia?

A apraxia consiste em um distúrbio neurológico caracterizado por causar perda de habilidade para realizar movimentos e gestos precisos, embora o indivíduo apresente vontade e habilidade física para tal. A causa desta condição é uma disfunção dos hemisférios cerebrais, que pode ser resultado de traumas locais, tumores, dentre outros fatores.

Por exemplo, abotoar um botão, que é uma atividade que requer a realização de uma série de passos, pode ser impossível. Os indivíduos com apraxia verbal (fala) não conseguem produzir as unidades fundamentais do som necessárias para falar, pois não conseguem iniciar, coordenar ou realizar a sequência de movimentos musculares necessários para articular as palavras. Normalmente, as pessoas com apraxia não reconhecem que elas têm um problema.

Quais os sintomas da doença?

Uma pessoa com apraxia é incapaz de realizar os movimentos musculares corretos. Por vezes, é usada uma palavra ou ação completamente diferente do que aquela que a pessoa pretendia dizer ou fazer. A pessoa está muitas vezes consciente do erro.

Aqueles que sofrem da apraxia verbal apresentam dificuldades em realizar movimentos da boca como falar, por exemplo. Já quem desenvolve a apraxia construtiva enfrenta dificuldades em desenhar ou identificar figuras simples como bola ou um dado.

A apraxia costuma aparecer no dia a dia do paciente, provocando uma impossibilidade de realizar movimentos simples, o que faz com que a pessoa torne-se mais dependente de outros para executar simples ações.

Como diagnosticar?

Para traçar e diagnosticar a doença, são necessários alguns testes e exames que costumam ser feitos em parceria entre fonoaudiólogos e neurologistas. Caberá a eles investigar a doença por meio de exames como ressonância, que podem mostrar ou ajudar a identificar tumores ou lesões na região cerebral.

O eletroencefalograma também costuma ser utilizado para ajudar no diagnóstico e mostrar as causas da doença. Por fim, testes e exames de linguagem devem ser realizados para concluir o diagnóstico.

Como é feito o tratamento?

As pessoas com apraxia podem se beneficiar do tratamento de uma equipe de cuidadores, composta por membros da família, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo. É mais indicado procurar profissionais com experiência no tratamento da apraxia.

 

 

Classificado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *