Quais as diferenças entre Alzheimer e envelhecimento?

O Alzheimer é uma doença temida pela maioria das pessoas que estão envelhecendo e também pelos familiares delas. O Alzheimer é uma doença degenerativa que ataca o cérebro e provoca a perda das funções cognitivas, como memória, capacidade de orientação no tempo e/ou espaço e capacidade de planejamento. Vamos esclarecer nessa matéria, as diferenças entre o Alzheimer e os sintomas normal do envelhecimento. Confira!

Dificuldade para realizar atividades

A diferença aqui está na realização das atividades. É normal esquecer ocasionalmente o que você ia dizer ou fazer, mas se o idoso tiver grandes dificuldades em terminar uma tarefa simples, como cozinhar um arroz (porque não se lembra de como é o seu preparo), ou como utilizar o telefone, por exemplo, fique de olho, pode ser o início dos sintomas do Alzheimer.

Esquecimento

Esquecer informações aprendidas recentemente é um dos primeiros sintomas da doença. Não se assuste: confundir nomes e compromissos ocasionalmente é normal. O que é preciso prestar atenção, na verdade, é se a pessoa esquece coisas com mais frequência e fica incapaz de relembrar o assunto posteriormente.

Mudanças de humor

Todos nós passamos por mudanças de humor. Ficamos chateados com algumas situações, felizes com outras. No caso dos idosos, acontece o mesmo. Porém, se essas mudanças são muito repentinas e intensas, como crises de riso ou de choro aparentemente sem motivos, é hora de ficar atento.

Errar o lugar as coisas

Pessoas com Alzheimer podem errar o lugar de coisas usuais. Por exemplo: colocar o ferro de passar no freezer é um sintoma comum da doença. Entretanto, é normal colocar as chaves do carro ou carteira em lugar estranho de vez em quando.

Problemas com pensamento abstrato

Dificuldade acima do comum para realizar raciocínios mentais, como esquecer para que servem os números ou como devem ser usados, é outro sinal da doença. Já achar difícil decifrar ou desenvolver uma fórmula matemática é normal.

Perder-se em lugares conhecidos

É normal ter dificuldades em trajetos pouco frequentados. Porém, se ocorre confusão em lugares conhecidos, pode ser um sinal de alerta. Por exemplo: a pessoa perder-se no caminho do mercado do bairro ou da casa de alguém que sempre visita.

Classificado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *