Conheça os 6 sintomas iniciais de Alzheimer

A cada dia, o número de pessoas com Alzheimer tem aumentado no mundo inteiro. E como ainda não há uma cura para a doença, o recomendável é que você saiba como identificá-la o mais rápido possível, pois quanto antes começar o tratamento, mais qualidade de vida a pessoa com Alzheimer terá. Confira a lista dos sintomas iniciais de Alzheimer!

Perda de memória

Esquecimentos são comuns na terceira idade. Porém, quando eles começam a ficar muito frequentes, é um sinal de alerta. Principalmente se a pessoa se esquece de fatos muito recentes! Nas fases iniciais, o paciente consegue se lembrar de uma festa que ocorreu há 20 anos, mas não sabe dizer o que comeu no café da manhã. Com o avançar da doença, o paciente pode começar a se esquecer até do nome de familiares próximos.

Desorientação

No início da doença, o paciente começa a se esquecer de compromissos e até mesmo da localização de determinados lugares que frequenta. Exemplo: ele sai para ir à farmácia, que fica na rua de baixo, e não sabe como voltar para a casa.

Alterações de comportamento

Uma das primeiras mudanças pode ser a perda de interesse na vida ou em coisas que antes gostavam de fazer. Menos energia, falta de espontaneidade, explosões emocionais e hostilidade sem provocação são outros sintomas. O indivíduo também pode perder a inibição, causando comportamentos como despir-se em público ou fazer comentários inapropriados.

Dificuldade na resolução de problemas

Algumas pessoas podem experimentar mudanças em sua capacidade de desenvolver e seguir um plano de resolução de problemas, ou até mesmo dificuldade em trabalhar com números. Elas podem ter dificuldade para seguir uma ordem de elementos ou manter o controle das contas mensais. Pode haver dificuldade de concentração e levar muito mais tempo para fazer as coisas que eles faziam normalmente antes.

Perda de iniciativa nas atividades

Pessoas com Alzheimer tornam-se muito passivas. Ficam horas em frente à TV, dormem mais que o normal e não têm disposição para realizar tarefas usuais.

Trocar o lugar das coisas

As pessoas com Alzheimer podem colocar as coisas em lugares inadequados. Podem perder os seus objetos e não serem capazes de voltar atrás no tempo para se lembrarem de quando ou onde o usaram. Às vezes, podem até acusar os outros de lhes roubar as suas coisas.

Classificado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *