Você sabe o que é um distúrbio neurológico?

Alguns exemplos de distúrbios neurológicas mais comuns são as dores de cabeça persistentes ou enxaquecas, problemas de desenvolvimento e motor, acidentes vasculares cerebrais, síndrome de Tourette, paralisia cerebral e autismo. Algumas dessas doenças são causadas por fatores genéticos, outras por lesões ou doenças e outras têm causas ainda desconhecidas. Saiba mais sobre esse assunto em nosso post!

O que define um distúrbio neurológico?

Transtornos neurobiológicos são as doenças do cérebro, coluna vertebral e nervos que as conectam. Existem mais de 600 doenças do sistema nervoso, tais como tumores cerebrais, epilepsia, doença de Parkinson, acidente vascular cerebral, bem como as menos conhecidas, como a demência frontotemporal.

 

Distúrbios neurológicos podem atrapalhar a vida do paciente?

Os distúrbios neurológicos comumente causam distúrbios temporários ou permanentes que prejudicam o indivíduo em suas funções tornando um dependente parcial ou completamente de outras pessoas. Os distúrbios neurológicos podem prejudicar o individuo em suas atividades diárias e profissionais.

Como fazer o diagnóstico dessas doenças?

Embora o diagnóstico e tratamento seja específico para cada doença, um fator comum a todas elas é tratar essas doenças neurológicas e outras doenças com uma nutrição adequada. Por exemplo, no caso de paralisia cerebral, uma doença que causa dano cerebral e prejudica o desenvolvimento motor adequado, uma avaliação nutricional faz-se necessária e os meios de ingestão são importantes, pois a alimentação normal pode ser difícil.

 

Tratamento multidisciplinar

A abordagem fisioterapeutica ao paciente neurológico, tem sido cada vez mais especializada para cada condição buscando atuar nos distúrbios neurológicos. A seleção apropriada dos recursos e do momento oportuno de sua realização contribui substancialmente para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes e de seus familiares, apesar de distúrbios neurológicos persistentes.

 

Além disso, o envelhecimento crescente da população brasileira e o avanço tecnológico que aumenta a expectativa de vida dos indivíduos e, em paralelo, sua morbidade, fazem com que a Fisioterapia na área da Neurologia mantenha-se como um campo de atuação profissional em avanço tratando dos distúrbios neurológicos que os indivíduos venham apresentar.

 

Você tem algum problema neurológico ou conhece alguma pessoa que possua? Marque um consulta com nosso neurologista e não sofra mais!

Classificado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *