Você sente dores de cabeça constantes? Saiba o que pode ser!

As dores de cabeça, ou cefaleia, podem acabar com o dia de qualquer um. Elas são inconvenientes, aborrecem e causam muito transtorno. Uma dor de cabeça mais forte pode causar também enjoo, sensibilidade à luz, ao som, além de um mal-estar geral. Por esse motivo, descobrir a causa e iniciar um tratamento é fundamental para ter mais qualidade de vida e se livrar destas dores terríveis. Afinal, o que dores de cabeça constantes significam?

 

Cefaleia crônica diária

A cefaleia crônica diária é uma síndrome que compreende quatro doenças que tem em comum o fato de apresentarem a dor de cabeça diariamente, ou quase diariamente, por definição, dor de cabeça ou cefaleia diária é aquela dor de cabeça que aparece por mais do que 15 dias em um mês, por mais de três meses.

 

Enxaqueca crônica, cefaleia tensional crônica, hemicrania continua, cefaleia nova diária e persistente são as quatro síndromes que compõem a cefaleia crônica diária.

 

Cefaleia tensional

A cefaleia tensional é geralmente uma dor difusa, de leve a moderada intensidade na sua cabeça, muitas vezes descrita como a sensação de uma faixa apertando o crânio. A cefaleia tensional é o tipo mais comum de dor de cabeça, e suas causas não são bem compreendidas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia, cerca de 38% a 74% dos brasileiros sofrem com cefaleia tensional.

 

Sinusite

A infecção causada por uma sinusite normalmente tem como sintoma as dores de cabeça. Se você passou por um resfriado ou gripe recentemente é bem possível que esteja com dores de cabeça devido a uma sinusite.

 

Neste caso outros sintomas também estão associados. Busque ajuda de um clínico geral ou otorrino para solucionar o problema e acabar com as dores de cabeça.

 

Como evitar esse tipo de dor?

Uma das formas mais indicadas de prevenir as dores de cabeça constantes é fazendo alguns ajustes na alimentação. Em especial, eleve o consumo de alimentos ricos em vitamina B12 (presente nas carnes, peixes e laticínios), magnésio (frutas, hortaliças e grãos) e ômega 3 (salmão, atum, sardinha).

 

Quando procurar ajuda médica?

Se houver dor de cabeça constante por mais de cinco dias é recomendável procurar um médico neurologista ou clínico geral. Além disso, é importante verificar se há outros sintomas, tais como alterações de visão, perda de equilíbrio, vômitos ou febre, por exemplo, que podem representar problemas mais graves como meningite ou aneurismas.

Classificado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *